Eu e SÓ EU...

Eu e SÓ EU...
Alone

Como EU sou...

Photo Effects by Wishafriend
Photo Effects By WishAFriend.com

Bom Dia, Boa Noite... "essas coisas"!

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "só isto"...?!... NÃO... essencialmente, é UM POVO...!!!

Provérbios

“Só um sentido de invenção e uma necessidade intensa de criar levam o homem a revoltar-se, a descobrir e a descobrir-se com lucidez”. (Pablo Picasso)

PORTRAIT




Não importa quantos passos você deu para trás, o importante é quantos passos, agora, você vai dar para frente.

Gedeão


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.Gedeão

A(o)s que me deixam MENOS alone...!!!

sábado, 30 de julho de 2011

Desilusão : Contrariedades da vida




A vida nem sempre sucede como queremos. Às vezes manda a conta e a factura é demasiado elevada, a preço de ouro. Exige mais do que dá. Dá alegrias por breves instantes, sorrisos efémeros, amores fugazes. Enche-nos a alma e o coração, semeando as ilusões, propagando a fé, implantando o sonho. Nascem rebentos de esperança e confiança, ganham-se forças e fazem-se enxertos de gargalhadas nas pernadas infrutíferas da vida.
Nós facilmente nos deixamos seduzir por esta facilidade ou felicidade fácil que a vida nos publicita. E facilmente esquecemos que não é eterna. Mais tarde ou mais cedo, começa a cobrar com juros e impostos tudo o que deu. É que ninguém dá nada a ninguém sem um interesse mesquinho, nem mesmo a vida. E essa factura vem de várias formas, sob várias aparências, é cruel, gosta de implementar a discórdia, semear a desilusão e tirar-nos todas as forças. Decepciona-nos com as portas que se fecham. Abandona-nos pedindo-nos provas da nossa fé nos nossos piores momentos. Arrasa-nos quando nos sentimos impotentes face a determinadas situações. Derruba-nos, deitando por terra todas as nossas forças quando nos deixa deprimidos e abandona-nos quando precisamos de uma mão amiga para nos salvar do abismo. Ficamos ali, na sarjeta da vida, alienados, desesperados, incompreendidos, enlouquecidos, marginal(izados).
Temos de ir buscar forças desconhecidas para a preservarmos, para encontrarmos a razão para continuar o caminho da vida. Agarramo-nos aos bons momentos para superar os maus e darmos a volta por cima. A vida é um constante viver de contrariedades.



Autora: Gilceia






Posted by alone Dated30jul2011


Um comentário :

  1. Os bons momentos que passamos ou que fazemos alguém passar, as boas amizades e sincera que garimpamos, esses sim é que levamos para toda a eternidade.

    Ótima postagem, amigo Rui.
    Um final de semana solar.
    Beijos de lirios.
    Lua.

    ResponderExcluir