Eu e SÓ EU...

Eu e SÓ EU...
Alone

Como EU sou...

Photo Effects by Wishafriend
Photo Effects By WishAFriend.com

Bom Dia, Boa Noite... "essas coisas"!

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "só isto"...?!... NÃO... essencialmente, é UM POVO...!!!

Provérbios

“Só um sentido de invenção e uma necessidade intensa de criar levam o homem a revoltar-se, a descobrir e a descobrir-se com lucidez”. (Pablo Picasso)

PORTRAIT




Não importa quantos passos você deu para trás, o importante é quantos passos, agora, você vai dar para frente.

Gedeão


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.Gedeão

A(o)s que me deixam MENOS alone...!!!

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Abraça-me



Abraça-me. Quero ouvir o vento que vem da tua pele, e ver o sol nascer do intenso calor dos nossos corpos. Quando me perfumo assim, em ti, nada existe a não ser este relâmpago feliz, esta maçã azul que foi colhida na palidez de todos os caminhos, e que ambos mordemos para provar o sabor que tem a carne incandescente das estrelas. Abraça-me. Veste o meu corpo de ti, para que em ti eu possa buscar o sentido dos sentidos, o sentido da vida. Procura-me com os teus antigos braços de criança, para desamarrar em mim a eternidade, essa soma formidável de todos os momentos livres que a um e a outro pertenceram. Abraça-me. Quero morrer de ti em mim, espantado de amor. Dá-me a beber, antes, a água dos teus beijos, para que possa levá-la comigo e oferecê-la aos astros pequeninos.
Só essa água fará reconhecer o mais profundo, o mais intenso amor do universo, e eu quero que delem fiquem a saber até as estrelas mais antigas e brilhantes.
Abraça-me. Uma vez só. Uma vez mais.
Uma vez que nem sei se tu existes.

Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum'

Fonte: http://www.citador.pt/






Posted by alone Dated03nov2011

terça-feira, 1 de novembro de 2011

... “E depois do Adeus”...!!!



Tudo se conjuga para que, o meu actual casamento, tenha chegado ao fim!...


Depois de hesitações, de momentos de tensão, de desamores, de muitas e muitas “falhas” dos dois lados, creio eu (e digo creio porque é difícil, muitas vezes, saber o que a minha “ainda” mulher “acorda” ou “deixa de acordar”...!) que tudo se encaminha para o termo dum casamento ERRADO e com premissas, à partida, TOTALMENTE ERRADAS!...


Como já disse muitas vezes, sou um apoiante “incondicional” do casamento porque é, para mim, uma instituição CREDÍVEL para um casal em perfeita simbiose de idéias, de projeções, de um estilo de vida “compartilhado”, com amor e amizade salutares, companheiros entrosados e de bem com a vida...! Casar não é um “tormento”... é, uma “atitude” a dois, tomada em determinada altura de uma relação! E se o “casamento” der “errado”... perguntarão aqueles que “desconfiam” deste “passo na vida”...?!... Como tantas coisas na vida, também “esta” pode não “dar certa”... e, depois...?! É, com “medo d’isso” que as pessoas passaram a “evitá-lo” ou para se tornar mais fácil uma “mais que possível separação”...?! Sejamos honestos e francos “nestas coisas”, certo...?!


Muitas e muitas vezes aquele período que é convencionado como “de namoro”, é um período “falso”!... Dizem-se coisas que se sabe não serem possíveis à partida, mistura-se sexo com amor, misturam-se emoções e sentimentos, mente-se e, a partir daí, o casamento é “já” um “barril de pólvora” prestes a explodir mal se inicia!... Foi o casamento que “falhou”...?! Não... “houve falhas”, muitas vezes a dois, e isso fez com que tudo “ruísse”, sem ser até, necessário, muito tempo pra isso “acontecer”...!


Com o “falhanço”, o que se pode fazer -se não houver “um consenso” mínimo para levar o casamento um pouco “mais além”- é, sem grandes roturas e sem “ferir” muito um e outro, procurar uma “nova forma” de viver e de ser feliz e de... AMAR...!!!

Será isso... “pedir MUITO”...?!



Nota Final 1: depois de “isto” ser um dado de “compromisso”, entre ambas as partes, há 2 ou 3 dias atrás, ONTEM, tudo voltou à “cepa torta”, ou seja, a senhora diz que não aceitou nada mas que porém, todavia, contudo, etc...! Enfim, isto não é “terra mesmo para COMPROMISSOS”...!!!...
Nota Final 2: este Artigo esteve para ser inicialmente publicado em 09OUT2011 e foi, consecutivamente ADIADO, pelas razões acima expostas. Vai ser nesta data PUBLICADO porque, afinal, a razão chegou e tudo está já a ficar “devidamente encaminhado”.




Written in 08oct11 and Published in 01nov2011 by alone