Eu e SÓ EU...

Eu e SÓ EU...
Alone

Como EU sou...

Photo Effects by Wishafriend
Photo Effects By WishAFriend.com

Bom Dia, Boa Noite... "essas coisas"!

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "só isto"...?!... NÃO... essencialmente, é UM POVO...!!!

Provérbios

“Só um sentido de invenção e uma necessidade intensa de criar levam o homem a revoltar-se, a descobrir e a descobrir-se com lucidez”. (Pablo Picasso)

PORTRAIT




Não importa quantos passos você deu para trás, o importante é quantos passos, agora, você vai dar para frente.

Gedeão


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.Gedeão

A(o)s que me deixam MENOS alone...!!!

sábado, 25 de dezembro de 2010

Rodrigo Leão - Mário Cesariny / Queria de ti um país

Posted by alone

Dated25DEZ10

EUGÉNIO de ANDRADE - Poeta português

Poeta português, nasceu em 19 de Janeiro de 1923 em Póvoa de Atalaia, Fundão, no seio de uma família de camponeses. A sua infância foi passada com a mãe, na sua aldeia natal. Mais tarde, prosseguindo os estudos, foi para Castelo Branco, Lisboa e Coimbra, onde residiu entre 1939 e 1945. Em 1947 entrou para a Inspecção Administrativa dos Serviços Médico-Sociais, em Lisboa. Em 1950 foi transferido para o Porto, onde fixou residência. Abandonou a ideia de um curso de Filosofia para se dedicar à poesia e à escrita, actividades pelas quais demonstrou desde cedo profundo interesse, a partir da descoberta de trabalhos de Guerra Junqueiro e António Botto. Camilo Pessanha constituiu outra forte influência do jovem poeta Eugénio de Andrade. Embora não se integre em nenhum dos movimentos literários que lhe são contemporâneos, não os ignorou, mostrando-se solidário com as suas propostas teóricas e colaborando nas revistas a eles ligadas, como Cadernos de Poesia; Vértice; Seara Nova; Sísifo; Gazeta Musical e de Todas as Artes; Colóquio, Revista de Artes e Letras; O Tempo e o Modo e Cadernos de Literatura, entre outras.

Posted by alone

Dated25DEZ10

Natal


Nasceu!
Numa garagem abandonada, coberta de chapa de zinco,
E num caixote velho de latas de óleo,
Entre desperdícios sujos e usados.

Nossa Senhora e S. José tinham vindo pela estrada
Os pés no asfalto negro, onde circulavam carros de luxo:
Pedir boléia, pediram, mas ninguém os viu ou quis ver,
Ou escutar o gesto...
Iam todos apressados para a ceia da noite,
Desbragada como um conta-quilômetros

E cheia de neblina e de promessas.
Nasceu!
Num caixote velho de latas de óleo,
Entre desperdícios sujos e usados.

O clarão dos holofotes chamou lã os vadios de todas as noites:
Os quarda-noturnos, os polícias de giro,
Os que não têm cama para dormir,
Os poetas e os fugidos à lei — todos! —
Todos os que naquela e nas outras noites
Não têm para onde ir, nem têm onde comer.
Foi, porém, o clarão dos holofotes gastos que os levou lá:
E viram, sobre os desperdícios sujos, num caixote velho,
O Redentor do mundo,
Aquecido pelos dez cavalos-vapor de um velho "Ford T"
Que, trabalhando, acordava a vida no arrabalde longínquo.

S. José e Nossa Senhora choravam:

Todos pediam no mundo a ressurreição do Cristo!
E Ele viera, Ele encarnara de novo
Através do ventre puríssimo da Virgem,
Sob a custódia lirial do descendente de David.

Os donos de carros de luxo cortavam o nevoeiro
Comprometidos pelas amantes caras que ficavam para trás;
As camionetas de transporte temeram a polícia das estradas
E os outros todos também não quiseram dar boléia
Ao Filho de Deus. (... )


Amândio César



Posted by alone


Dated25DEZ10

NATAL (Msg enviada para mim...rsrs)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Acordai - Coral de São Domingos

Acordai, PORTUGUESES...!!!

Dedico este Vídeo a TODOS os PORTUGUESES que estão por esse Mundo fora e que mantêm a "chama" deste AMOR ETERNO pelo "nosso" Portugal.

Um ABRAÇO MUITO FORTE.

Written and Posted by alone

Dated24dez10

A Paz é linda


A paz é linda ,

tão linda

como a luz do sol!

Não há nada assim!

Mas temos que a conservar

para a podermos ouvir, sentir

olhar e adorar.

É pena que haja pessoas

Que não a querem amar!




Emma


Posted by alone


Dated24dez10


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Chistmas Spirit - Xmas Spirit - Espírito do Natal

Posted by alone

Dated23dez10

A Todos Um Bom Natal


Refrão
A todos um Bom Natal
A todos um Bom Natal
Que seja um Bom Natal, para todos vós
Que seja um Bom Natal, para todos vós



No Natal pela manhã
Ouvem-se os sinos tocar
E há uma grande alegria, no ar


Refrão
A todos um Bom Natal
A todos um Bom Natal
Que seja um Bom Natal, para todos vós
Que seja um Bom Natal, para todos vós



Nesta manhã de Natal
Há em todos os países
Muitos milhões de meninos, felizes


Refrão
A todos um Bom Natal
A todos um Bom Natal
Que seja um Bom Natal, para todos vós
Que seja um Bom Natal, para todos vós



Vão aos saltos pela casa
Descalças ou com chinelos
Procurar suas prendas, tão belas



Refrão
A todos um Bom Natal
A todos um Bom Natal
Que seja um Bom Natal, para todos vós
Que seja um Bom Natal, para todos vós



Depois há danças de roda
As crianças dão as mãos
No Natal todos se sentem irmãos


Refrão
A todos um Bom Natal
A todos um Bom Natal
Que seja um Bom Natal, para todos vós
Que seja um Bom Natal, para todos vós



Se isto fosse verdade
Para todos os Meninos
Era bom ouvir os sinos tocar.


Refrão
A todos um Bom Natal
A todos um Bom Natal
Que seja um Bom Natal, para todos vós
Que seja um Bom Natal, para todos vós


Esta música de NATAL é tão-sòmente um EXCELENTE EXEMPLO duma época com música e extremamente CONSUMISTA.
Mas, é NATAL, NADA se pode levar a mal...!!!
Beijocas do
alone
Posted by alone
Dated23dez10

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Nothing gonna change my love for you-Westlife

Nothing...?!

LOVE LETTERS IN THE SAND


Minhas e meus “seguidor(a)es:

Chegamos, assim, a mais um Final de Ano e, certamente, uns com as metas propostas CUMPRIDAS e, outros de nós, NEM POR ISSO.
É o momento, agora, da “reflexão” e, sem falsas demagogias, percebermos onde estivemos francamente mal e, por outro lado, onde superamos (até) as nossas próprias expectativas.
O ano de 2011 é mais um “desafio” na nossa vida.
Não interessa a NINGUÉM que, VOCÊ, vire as costas aos problemas da sociedade, sejam eles de cariz político, ambiental, social, etc. Especialmente, NUNCA DIGA, “coisas” do gênero: “AH! Tenho mais com que me preocupar” ou “NEM VOTEI NELE(A)” porque, com “bocas dessas”, NÃO É ASSIM que a Sociedade pode e DEVE dar uma VIRADA “diferente” –pra melhor, entenda-se...- rumo a um Futuro que, no final deste ano de 2010, nos aparece com PROBLEMAS a mais e SOLUÇÕES a menos.
Não pense NUNCA que o seu País é o MELHOR só por ilusão ou capricho, NUNCA pense que o Político que escolheu é o “Santinho(a)” que a sua nação mais necessita, NUNCA pense que sem a sua colaboração os rios não transbordam mais e saiem dos leitos, NUNCA pense que o último morro que desabou e matou 200 pessoas foi o ÚLTIMO. NUNCA pense ASSIM porque a VIDA nos tem ensinado que não há, tanto assim, “essas OBRAS de ARTE” mental.
Ajude, colabore, tenha amor-próprio mas não seja insolente, não machuque os outros mesmo que estes não tenham sido tão “benovolentes” quanto VOCÊ gostaria que tivessem sido para consigo.
FAÇA o seu NATAL INTERIOR.
Todos os dias.
Mesmo que não ouça os sininhos nem as músicas de Natal.
Esse VAI SER O SEU MAIOR DESAFIO!
Excelente NATAL para vós e vossas Famílias e... disfrutem.
Excelente 2011.

Um abraço sincero e amigo do
A.Rui (alone)



Posted by alone
Dated22dez10

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

José Saramago em "Janela da Alma"

Posted by alone

Dated21dez10

No Colo do Papai Noel - Piadas de Natal

Uma garotinha sentou-se no colo de Papai Noel, no shopping center, e Papai Noel perguntou, como de costume:

- E o que você vai querer de presente de Natal?

A menina, com ar de espanto, horrorizada por alguns segundos, respondeu:

- Você não recebeu meu e-mail?

Posted by alone

Dated21dez10

Um dia



Um dia, mortos, gastos, voltaremos
A viver livres como os animais
E mesmo tão cansados floriremos
Irmãos vivos do mar e dos pinhais

O vento levará os mil cansaços
Dos gestos agitados, irreais
E há-de voltar aos nossos membros lassos
A leve rapidez dos animais.

Só então poderemos caminhar
Através do mistério que se embala
No verde dos pinhais, na voz do mar,
E em nós germinará a sua fala.


Sophia de Mello Breyner Andresen



Posted by alone


Dated21dez10


segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Portuguese - Portugal Tourism Promotion Video

"ISTO" e MUITO MAIS...!!! Só os POLÍTICOS é que são... um DÓ DE ALMA!

Espero que o NATAL lhes dê "mais juizinho" porque $$$ não é necessário mais!

Comemorar o NATAL


Sei que, sobre este “assunto”, cada “cabeça”, cada “sentença”.
Assim, quero aqui deixar o MEU testemunho daquilo que eu penso sobre TUDO isto.
No meu caso pessoal, é fundamental afirmar que NATAL e FAMÍLIA é... Indissociável! Não que a minha vida tenha sido um ENORME exemplo do que acabo de afirmar, mas, porque, é esse (aliás, sempre foi!...) o meu sentir e o meu pensamento.
Nasci num berço “muito pouco doirado”. Filho de um casal desavindo e, mais tarde, divorciado, de classe média-baixa, nunca conseguiu SABER o que era “isso” de Natal, de Natal em FAMÍLIA e, muito menos, com alegria e, sejamos francos, com alguma comidinha e, na meninice, com alguns presentes, mesmo que estes fossem “de lata”. Mas, NÃO...! Desses tempos, guardo com desprazer, o choro de minha mãe, a tristeza de minha tia que vivia conosco e dos sentimentos “contidos” da minha Irmã Helena. Mas, SOBREVIVI, embora todos os “Natais” fossem assim cinzentos e frustrantes.
Quando casei –e estou falando no meu 2º casamento com a Lurdes – consegui levar a cabo, aquilo que SEMPRE ambicionei. NATAL da Família e com a Família e a lembrançinha, mesmo com pouco valor material, mas como prova de entrosamento e de presença.
Pela primeira vez na minha vida, a árvore de NATAL começou a ser uma presença assídua em minha casa e, muitas vezes, já secundado pelas filhotas que, seguiam a par-e-passo, esse evento –para ELAS “já habitual”- de festividade, cor e alegria.
Veio depois o meu divórcio e, mesmo só, continuei a tentar manter essa estrutura e simbolismo.
O meu casamento atual trouxe-me até ao Brasil. E, sinceramente, apesar dos muitos esforços para manter aqui uma “estrutura Natalícia” idêntica -baseada na FAMÍLIA e no respeito mútuo- já é o 4º Natal que aqui passo e, sinceramente, de FAMÍLIA “NADA”, de AMÔR e AMIZADE “NADA” e, de VONTADE –aquilo que “move Montanhas”- AINDA MENOS.
Comer “miojo” (...uma massa “instantânea...) ou bacalhau não é o mais IMPORTANTE.
A “ausência” da Família é que é GRITANTE!
Mamãe: te AMO. Irmãzinha: te AMO. FELIZ NATAL para TODOS VOCÊS. Jesus, TE AMO.
E as “ações”...?!...
E o tal “espírito de Natal”?!...
Cá pra mim “derreteram” com o calor dos Trópicos.
Mas, acreditem, continua dentro de mim a tal “luzinha” do NATAL eterno.
Essa NÃO VAI APAGAR... NUNCA!
Já agora: BOM NATAL pra TODOS VOCÊS minhas/meus “seguidores”. TUDO de BOM e com a tal “luzinha” dentro de TODOS vocês.
Farei a minha parte, acreditem.
Abração.




Written and Posted by alone
Dated20dez10

domingo, 19 de dezembro de 2010

A VIDA tem destas "COISAS",,, e D'OUTRAS... rsrs


Existem, apenas, dois tipos de homem que não entendem as mulheres: os casados e os solteiros.


VOZ do POVO


Posted by alone

Dated19dez10

Quando penso em você só vejo poemas


Tentar escrevê-la está além das palavras
é ter tudo e ainda pouco
não me caber no céu de contento
e rasurar com risos e risos
todos os suspiros esboçados.

É imaginar, arrogante
que posso condensar o universo
no gesto de um único instante
no papel (que desprezo seria!)
e achar-me bom o bastante
frutuoso poeta, exímio
cantante, menestrel
para compor-lhe baladas.

Eu, coitado, quase-poeta
ingênuo perto de quase-tudo.

É só pensar em você pra não me bastar
à minha volta
pra me assoberbar de felicidade
de céu estrelado
e ainda assim fitar apenas um lado
da palavra
do pensamento
do mais leve folguedo
de ser pra você.

Ser-lhe é ser inteiramente
de mãos dadas
e não me conter onde estiver.


Pedro Gontijo · Brasília, DF



Posted by alone


Dated19dez10

David Fonseca - "A Cry 4 Love"



Posted by alone
Dated19dez10