Eu e SÓ EU...

Eu e SÓ EU...
Alone

Como EU sou...

Photo Effects by Wishafriend
Photo Effects By WishAFriend.com

Bom Dia, Boa Noite... "essas coisas"!

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "só isto"...?!... NÃO... essencialmente, é UM POVO...!!!

Provérbios

“Só um sentido de invenção e uma necessidade intensa de criar levam o homem a revoltar-se, a descobrir e a descobrir-se com lucidez”. (Pablo Picasso)

PORTRAIT




Não importa quantos passos você deu para trás, o importante é quantos passos, agora, você vai dar para frente.

Gedeão


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.Gedeão

A(o)s que me deixam MENOS alone...!!!

sábado, 1 de outubro de 2011

A Derrota Não é Amarga Se Você Não a Engolir



Todos nós já tivemos fracassos em alguma época da vida.
De fato, quanto mais enfrentamos os riscos de uma nova experiência, de
um novo conceito, maior é a probabilidade de fracassarmos, ao menos em
curto prazo.

Não é fácil ser bem sucedido quando experimentamos, pela primeira vez,
algo novo e ambicioso e, se tivermos medo de fracassar, teremos medo
de correr riscos.
Se nunca arriscarmos algo novo, ficaremos estagnados.

O crescimento requer uma disponibilidade de correr o risco do fracasso
e da derrota.
Se, quando bebês, tivéssemos medo de falhar, poucos de nós teriam
aprendido a andar e a falar!
Para aprender a andar tivemos que cair algumas vezes, arranhar os
joelhos e machucar o rosto.
Para ter sucesso - para nos tornarmos vitoriosos -
devemos correr o
risco do fracasso.
Mas a lição importante é esta:
o fracasso não é derrota, a não ser que você o permita.

No processo de invenção da lâmpada elétrica,
Thomas Edison tentou e falhou muitas vezes!
Conta-se que alguém perguntou a Edison se ele, desanimado por todos os seus fracassos,
não pensou em desistir.
E ele respondeu:
"Aqueles foram passos do caminho.
Em cada tentativa, eu encontrava um modo de não criar
a lâmpada elétrica.
Eu estava sempre disposto a aprender, mesmo através dos meus erros".

Em outras palavras,
apesar de Edison nem sempre ter sido bem sucedido, ele nunca engoliu a derrota.
Edison provou o fracasso muitas vezes, mas não o engoliu.

Engolir um fracasso é acreditar que, por ter fracassado, você é um fracasso.
Há uma diferença crucial entre dizer
"fracassei" e "sou um fracasso".
Quando um projeto não sai conforme o esperado, podemos dizer "falhei
na minha tentativa".
Podemos até dizer, "eu poderia ter feito melhor do que fiz".
Mas, engolir uma derrota quer dizer "falhei, portanto sou um fracasso"
ou "como não fiz direito, não sou capaz de fazer.
" Engolir uma derrota é acreditar que somos os nossos acertos ou
nossos fracassos.

Se engolirmos uma derrota, a partir daquele momento, a nossa
habilidade para funcionar efetivamente fica comprometida.
Todos os grandes líderes, todos os grandes atletas, todos os grandes
exploradores, pensadores, inventores, empresários, cometeram erros,
experimentaram fracassos.

Entretanto, eles se tornaram grandes porque não se culparam pelas suas
falhas, ao contrário, usaram os seus erros como lições para melhorar o
seu desempenho.
Sabiam que o fracasso era apenas momentâneo e que não significava,
necessariamente, uma derrota.
Recusaram-se a engolir a amargura do fracasso e se empenharam na luta pela doçura do sucesso.

Grandes realizações são, freqüentemente, tentadas, mas raramente alcançadas.
O que é interessante (e estimulante) é que os que alcançaram tais
objetivos são normalmente aqueles que falharam muitas vezes antes.

Aonde quer que você estiver hoje, escute-me!
Ficar sentado aí, lambendo suas feridas, somente deixará um gosto
amargo em sua boca. Suspiros, lágrimas e pensamentos de desistência
são compreensíveis para o momento,
mas indesculpáveis para o futuro.
Levante-se e siga adiante!
E se você estiver procurando uma garantia absoluta contra fracassos,
eu lamento, não vai encontrá-la.

Publicada por amo a poesia

Fonte: pensamentostextospoesias






Posted by alone Dated01oct2011

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

ENYA - Journey of the Angels







ENYA - Journey of the Angels
This song belongs to the new ENYA album - And Winter Came (2008)- as per Vídeo's info -


Posted by alone Dated30sep2011

INDECISÃO



Por que quando damos atenção a uma pessoa ela não sabe dar valor?

E por que quanto mais a gente dá valor à mesma ela não retribui?

Não seria bem mais fácil se a retribuição viesse, já que o que é passado diariamente é um sentimento verdadeiro?

Vivendo e aprendendo que o que as pessoas gostam mesmo é de desprezo.

Pronto! É isto!

Vou te desprezar...

Antes de dormir, não vou mais rezar para que você tenha uma boa noite.

E quando acordar não vau mais te dar bom dia mesmo que você não esteja ao meu lado.

Não vou mais colocar aquela música que lembra algum momento quando estivemos juntos.

Não vou mais tentar demasiadas vezes te mostrar o quanto seria bom se estivéssemos juntos.

Também não vou mais ficar olhando coisas em lojas que com certeza você iria adorar ganhar de presente.

A partir de hoje não quero mais saber onde, com quem e como você está.

Vou tirar do meu coração esta vontade de te cuidar e te colocar embaixo de minhas asas.

Sabe aqueles beijos que te prometi dar quando eu conseguisse acordar primeiro que você? Pois é, não terá mais...

Vou parar definitivamente de falar sobre você e meus planos junto a você.

Também não vou mais ficar pensando como seria se você estivesse em tal lugar e em tal hora.

Vou cuidar mais de mim...

Vou ser mais eu...

E se você não notar minhas mudanças?

O que farei?

Descobri.

AMAR É MUITO VAGO.

Carlos Peixoto Júnior

Fonte: textos_legais.sites





Posted by alone Dated30sep2011


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

PIADA DE BEBADO



Um sujeito, cambaleando pelo estacionamento, estava cutucando a porta de cada carro com uma chave. Veio o guarda e lhe perguntou: -Qual é o problema, meu amigo? E o sujeito responde: -Perdi meu carro... – O guarda diz: -Aonde foi que você viu o carro pela ultima vez? -Foi aqui mesmo, na pontinha desta chave...

Fonte: piadasnet.com




Posted by alone Dated29sep2011


Citação



"Quando alguém compreende que é contrário à sua dignidade de homem obedecer a leis injustas, nenhuma tirania pode escravizá-lo."

Mohandas Karamchand Gandhi



DESIDERATA





Vá placidamente por entre o barulho e a pressa
e lembre-se da paz que pode haver no silêncio.

Tanto quanto possível, sem capitular,
esteja de bem com todas as pessoas.

Fale a sua verdade calma e claramente;

e escute os outros,

mesmo o estúpido e o ignorante;

também eles têm sua história.



Evite pessoas barulhentas e agressivas:

elas são tormento para o espírito.

Se você se comparar a outros,

pode tornar-se fútil e amargo;

porque sempre haverá pessoas superiores e inferiores a você.

Desfrute suas conquistas, assim como seus planos.


Mantenha-se interessado em sua própria carreira, mesmo que humilde;

é o que realmente se possui na sorte incerta dos tempos.

Exercite cautela nos seus negócios;

porque o mundo é cheio de artifícios;

mas, não deixe que isso o torne cego à virtude que exista.

Muitas pessoas lutam por altos ideais;

e por toda parte a vida é cheia de heroísmo.



Seja você mesmo.

Principalmente, não finja afeição.

Nem seja cínico sobre o amor,

porque em face de toda aridez

e desencantamento ele é perene como a grama.


Aceite gentilmente o conselho dos anos,
renunciando com benevolência às coisas da juventude.

Cultive a força do espírito

para proteger-se num infortúnio inesperado.

Mas não se desgaste com pensamentos negros.
Muitos temores nascem da fadiga e da solidão.



Além de uma benéfica disciplina,

seja bondoso consigo mesmo.

Você é um filho do Universo,

não menos que as árvores e as estrelas.

Você tem o direito de estar aqui.

E quer seja importante ou não para você,

sem dúvida o Universo se desenrola como deveria.




Portanto, esteja em paz com Deus,

qualquer que seja sua forma de concebê-lo.

E seja qual forem a sua lida e as suas aspirações,
na barulhenta confusão da vida,

mantenha-se em paz com a sua alma.


Com todos os enganos, penas e sonhos desfeitos,

este é ainda um mundo maravilhoso.

Seja otimista!
Empenhe-se em ser feliz!



Max Ehrmann, 1927
* DESIDERATA - Do Latim Desideratu: Aquilo que se deseja, aspiração.


Em alguns livros de referência, Desiderata é ainda amiúde considerado como tendo sido "achado" na velha St. Paul's Church, em Baltimore, e que data de 1692.

Entretanto, ele foi realmente escrito por Max Ehrmann, (1872-1945) que registrou o copyright em 1927; o copyright foi renovado em 1954 por Bertha K. Ehrmann.

(Tradução e comentários por Sílvio Darci da Silva)


Fonte: textos_legais.sites





Posted by alone Dated29sep11


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Problemas de,,, AUDIÇÃO...!



Um gajo pequenino entra num elevador e depara-se com um gajo enorme lá
dentro.
O gajo grandalhão olha para o pequenino e decide apresentar-se:
- 2,05 metros de altura, 152 quilos, pénis de 30 cm, testículo esquerdo de
1,2 quilos, testículo direito de 1,2 quilos...
Vitor Costa.
O gajo pequenino desmaia. O gajo grande pega no pequenino, reanima-o com umas bofetadas na cara e abanões.
- Que se passa? Tem algum problema?
O tipo pequenino pergunta:
- Desculpe, mas o que é que você disse?
O gajo grandalhão repete:
- 2,05 metros de altura, 152 quilos, pénis de 30 cm, testículo esquerdo de
1,2 quilos, tomate direito de 1,2 quilos...
Vitor Costa.
O gajo pequenino suspira de alívio...
- Ahhhh!!! Vitor Costa !!!! Gracas a Deus! Eu percebi ..... "vira-te de
costas"!!






Posted by alone Dated28sep2011

Os Caminhos Desapareceram da Alma Humana



Caminho: faixa de terra sobre a qual se anda a pé. A estrada distingue-se do caminho não só por ser percorrida de automóvel, mas também por ser uma simples linha ligando um ponto a outro. A estrada não tem em si própria qualquer sentido; só têm sentido os dois pontos que ela liga. O caminho é uma homenagem ao espaço. Cada trecho do caminho é em si próprio dotado de um sentido e convida-nos a uma pausa. A estrada é uma desvalorização triunfal do espaço, que hoje não passa de um entrave aos movimentos do homem, de uma perda de tempo.
Antes ainda de desaparecerem da paisagem, os caminhos desapareceram da alma humana: o homem já não sente o desejo de caminhar e de extrair disso um prazer. E também a sua vida ele já não vê como um caminho, mas como uma estrada: como uma linha conduzindo de uma etapa à seguinte, do posto de capitão ao posto de general, do estatuto de esposa ao estatuto de viúva. O tempo de viver reduziu-se a um simples obstáculo que é preciso ultrapassar a uma velocidade sempre crescente.

Milan Kundera, in "A Imortalidade"

Fonte: citador.pt/




Posted by alone Dated28sep2011

Um "ALERTA"...



Recebi, hoje, esta mensagem da "minha" Seguidora e Amiga:


Estou a entrar aqui pelo escritório. A tua página está a dar que tem virus. Em casa nem tento. Beijinho
Por Luar em Pink Floyd - Dark Side Of The Moon às 8:16

Penso que, isto é UMA MENSAGEM colocada DELIBERADAMENTE para NINGUÉM entrar no Blog mas, caso seja VERDADE, gostaria que me informassem.

OBRIGADO,
RUI.


Written and Published by alone Dated28sep2011

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Pink Floyd - Dark Side Of The Moon





Pink Floyd - (Speak To Me - Breathe) / Any Colour You Like

A video I always wanted to make, Enjoy.
(as per Vídeo info)



Posted by alone Dated27sep2011

A Loira na Biblioteca (PIADA, só podia ser...!)



Uma loira entra numa biblioteca e grita:

— EU QUERO UM X-SALADA!
O bibliotecário diz:

— Shiu! Moça, fale baixo... Se você não percebeu, isso aqui é uma biblioteca!
A loira fica envergonhada, se desculpa e diz, bem baixinho:

— Eu quero um x-salada...

Fonte: piadasengracadas



Posted by alone Dated27sep2011



E ela o descansa a ele, ambos se descansando.



É Dezembro, os dias são curtos, estando o céu de nuvens mais cedo anoitece, por isso Baltasar e Blimunda dormirão uma noite no caminho, num palheiro de Morelena, disseram que vêm de Mafra e vão para Lisboa, viu o caseiro que eram gente honrada e emprestou-lhes uma manta para se cobrirem, a tanto pode chegar a confiança. Já sabemos que destes dois se amam as almas, os corpos e as vontades, porém, estando deitados, assistem as vontades e as almas ao gosto dos corpos, ou talvez ainda se agarrem mais a eles para tomarem parte no gosto, difícil é saber que parte há em cada parte, se está perdendo ou ganhando a alma quando Blimunda levanta as saias e Baltasar deslaça as bragas, se está a vontade ganhando ou perdendo quando ambos suspiram e gemem, se ficou o corpo vencedor ou vencido quando Baltasar descansa em Blimunda e ela o descansa a ele, ambos se descansando. Este é o melhor cheiro do mundo, o da palha remexida, dos corpos sob a manta, dos bois que ruminam na manjedoura, o cheiro do frio que entra pelas frinchas do palheiro, talvez o cheiro da lua, toda a gente sabe que a noite tem outro cheiro quando faz luar, até um cego, incapaz de distinguir a noite do dia, dirá, Está luar, pensa-se que foi Santa Luzia a fazer o milagre e afinal é só uma questão de fungar, Sim senhores, que lindo luar o desta noite.


JOSÉ SARAMAGO
«MEMORIAL DO CONVENTO»

Fonte: microlito



Posted by alone Dated27sep2011

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Voar - Tim & Rui Veloso





1 comentário: Na minha opiniao esta musica esta qualquer coisa de extraordinario!Embora seja uma musica ja tocada em varios concertos dos XUTOS!Mas com arranjos novos!Insencivel e quem nao se identifica com esta musica pois e dirigida a um deficiente motor mas que se aplica a todos nós!Todos nós temos sonhos, todos temos dias falhados, planos falhados, mas algum dia virá o nosso dia de gloria!Para terminar na minha opiniao estao envolvidos nesta musica dois dos melhores compusitores e interpretes em PORTUGAL
22joaosilva 1 ano atrás


Alone: ÓOOO, João... bem que isso podia ter MENOS erros...?!



Posted by alone Dated26sep2011

Gente que pensa... (Como é você...?! É "desse(a)s"...?!)...




FHC pensa que governa

Carola Scarpa pensa que é Mônica Lewinsky

Luciano Hulk pensa que é Walt Disney

Tiazinha simplesmente não pensa.


Adriane Galisteu pensa que é Grace Kelly

Mauricio Mattar pensa que é Fábio Junior

Fábio Junior pensa que é Brad Pitt

Brad Pitt pensa que é James Dean

E James Dean já não pensa mais.


Ronnie Von pensa que é Ana Maria Braga

Ana Maria Braga pensa que é Hebe Camargo

Hebe pensa que é Xuxa

Xuxa não pensa, quem pensa é a Marlene.


Paulo Coelho pensa que é Mister M

Marta Suplicy pensa que é Hillary Clinton

Nicéa Pitta pensa que é Imelda Marcos

Rosinha Garotinho pensa que é Eva Perón.

E Vera Loyola, simplesmente pensa que pensa.


Marilia Gabriela pensa que é Bárbara Walters

Chico Anísio pensa que faz graça

Miguel Falabella pensa que vai ser mãe.

Luciano Szafir pensa que é pai....

Padre Marcelo pensa que é a Madonna.

Luxemburgo pensa que é intelectual

E Gisele Bündchen pode pensar o que quiser.


Ronaldinho pensa que é o numero 1

Suzana Werner pensa que é a número 2

Caetano pensa que é Deus.

ACM tem certeza.


O meu chefe pensa que estou trabalhando

o teu pensa que você está aí pensando ...

Fonte: textos_legais








Posted by alone Dated26sep2011




NADA MAIS



ERA APENAS AMOR,

ERA APENAS PAIXÃO,

NADA MAIS...



ERA APENAS TERNURA,

ERA APENAS CARINHO,

NADA MAIS...



ERA APENAS SUA VOZ SUAVE,

SEU JEITINHO MEIGO,

NADA MAIS...



ERA APENAS SEU OLHAR RISONHO,

SEUS LÁBIOS DE SONHO,

NADA MAIS...



MAS VOCÊ PARTIU,

PARTIU MEU CORAÇÃO,

E HOJE SOU APENAS SOLIDÃO,

NADA MAIS...

Adalto José Sousa

************************************************************************************************************************************************
Fonte: astormentas.com






Posted by alone Dated26sep11

domingo, 25 de setembro de 2011

Willie Nelson - Always On My Mind




alone: quem "quiser" que ADVINHE...rsrs


Posted by alone Dated25sep2011


QUERO SILÊNCIO



Silêncio. Silêncio, por favor. Psiu. Gritamos e colocamos janelas à prova de som, paredes almofadadas, tapetes, forros etc. O barulho de construção, de serra elétrica, de motores de carro, de buzinas -é o preço da modernidade, mas não é sobre isso que eu quero falar, e sim sobre o barulho humano de crianças e jovens. Quero falar dos sons das gentes.

Há anos, fala-se sobre a dificuldade de conciliar modernidade com ausência de silêncio e falta de espaço.
Amplo espaço silencioso virou artigo de luxo.
Contudo, tenho que confessar que somos nós, adultos, que liberamos e orquestramos esse inferno em que o barulho humano transformou o nosso mundo.
Assentimos que ruídos ensurdecedores feitos por crianças, jovens e jovens adultos dominem.

Existem certos recintos que não conseguimos evitar, e, assim, ninguém consegue um encontro consigo mesmo, que sem silêncio é impossível.
Nada contra a alegria e tudo contra o som pelo som, só para fazer companhia e evitar esse encontro. Musiquinha de fundo invade o planeta. Ficamos sem refúgio.
Solidão e silêncio viraram palavrão?

Creiam-me, mesmo em hotéis grandões, é difícil encontrar lugar onde a criança entra sem fazer barulho. Só no bar, onde o escurinho à meia-luz é sinal, aliás o único respeitado pelas crianças.
Em todos os lugares, seja ônibus, avião, lanchonete, cantina, somos envolvidos por gritos e por música, jamais por sussurros.

Como é que as crianças, as mesmas que gritam e galopam pelos corredores, conseguem manter-se em silêncio na missa, no culto, em enterros e em velórios?
Como é que respeitam também o cinema?

Pode parecer até que sou contra criança, mas não sou, não, pois acho que somos nós, os adultos, por temer o silêncio, que instigamos ou deixamos o barulho vingar em volta de nós.

Quando vem uma ordem de silêncio pra valer, elas se calam e param de correr. Vivemos um momento e em um universo em que a aversão ao silêncio não se manifesta só com música de fundo, com escapamento desregulado, com os motoqueiros,
mas ainda nos damos ao luxo de liberar qualquer barulhento em qualquer lugar.

O que aconteceria se, de repente, o silêncio caísse sobre nós? Respondo: discursos interiores, voz da "consciência", emergiriam.
Talvez sejamos todos culpados por maus pensamentos e/ou intenções, o que nos leva a viver em permanente esquiva de nós mesmos.

Com a barulheira que nos rodeia, tornamo-nos surdos a nós mesmos. Parece que o lema atual é: evitar o silêncio é o dever de todos. Deseduquem-se os outros.
Silêncio é necessário para que se possa manter os homens como seres pensantes, criativos, dotados de memória e livres do excesso de estresse.
Não quero que o silêncio só exista na calada da noite, no alto das montanhas, no ermo das matas. Quero-o no contato com as pessoas queridas, ricas e coloridas -meus semelhantes.
Não quero ser misantropa, quero ruído normal que me permita falar, sentir e pensar.

ANNA VERONICA MAUTNER


ANNA VERONICA MAUTNER, psicanalista da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, é autora de "Cotidiano nas Entrelinhas" (ed. Ágora)
amautner@uol.com.br


Extraído do site Folha de São Paulo - Caderno Equilíbrio - 02/11/2006




Posted by alone Dated25sep2011