Eu e SÓ EU...

Eu e SÓ EU...
Alone

Como EU sou...

Photo Effects by Wishafriend
Photo Effects By WishAFriend.com

Bom Dia, Boa Noite... "essas coisas"!

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "só isto"...?!... NÃO... essencialmente, é UM POVO...!!!

Provérbios

“Só um sentido de invenção e uma necessidade intensa de criar levam o homem a revoltar-se, a descobrir e a descobrir-se com lucidez”. (Pablo Picasso)

PORTRAIT




Não importa quantos passos você deu para trás, o importante é quantos passos, agora, você vai dar para frente.

Gedeão


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.Gedeão

A(o)s que me deixam MENOS alone...!!!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

«Nós, portugueses, não gostamos de trabalho»



A rede de Transportes só é comparavél à do Japão...!!!



Vice-presidente da Hovione acredita que o trabalho «nos liberta da pobreza». E diz que «o problema» não está nos ricos



Portugueses a trabalhar na relva das suas sumptuosas casas...!!!





O vice-presidente da Hovione saltou para a ribalta quando, numa conferência em que José Sócrates conversava com empresários, conseguiu irritar o ainda primeiro-ministro com uma curta intervenção. Agora, numa entrevista ao jornal «i», queixa-se que os portugueses «não gostam de trabalho» e que «só nos lembramos dos ricos para cobrar impostos».


Em Portugal: de pequenino é que começa a "lhes torcer o pepino"...!!!



«Nós, por questões religiosas, não gostamos de trabalho. O trabalho foi o castigo por Adão e Eva terem cometido o pecado original (...) Existe numa grande parte da nossa sociedade a ideia de trabalhar o menos possível. Safar-me ao trabalho, sempre que possa. Mas o trabalho liberta-nos da pobreza», afirmou Peter Villax, que propõe que se aumente a semana de trabalho, em vez de reduzir a Taxa Social Única.

Para o responsável desta multinacional com sede em Portugal, os aumentos de impostos para os mais ricos não são a solução. «Estou farto desta demagocia. Os ricos não são o problema, os pobres é que são o problema! É com os pobres e com a pobreza que temos de acabar, não é com os ricos!»

Villax sugere mesmo baixar as taxas de IRS e IRC aos mais ricos «em troca da criação de empregos novos». «Só nos lembramos dos ricos para cobrar impostos», lamenta.

Para o vice-presidente da Hovione, «Portugal convive mal com questões de riqueza». «Quando as nossas publicações falam sobre as pessoas mais ricas do país é para mostrar que os índices de desigualdade são cada vez maiores. O que é verdade, e é um problema que temos de atacar. Mas não é pelos ricos serem mais ricos, é por os pobres não enriquecerem», reforça.

Aos pobres, reconhece apenas um poder. «A grande fraqueza do capitalismo é que não se preocupa com questões sociais (...) É isto que provoca os motins em Londres. Uma parte da população que não tem nada a não ser problemas e só tem um direito, o poder de fazer a revolução. E, periodicamente, fá-la», avisa.

Peter Villax deixa ainda um recado para os seus colegas: «O empresário português é um privilegiado, porque a sociedade exige-lhe muito pouco. Exige-lhe só, e cada vez mais, que pague os seus impostos, mas não lhe exige que gere riqueza.»

1 comentário
Rui Filipe 2011-09-02 13:32
fico chocado
Isto é mais um sinal claro de que o Capitalismo esta moribundo e desprovido de qualquer sentido etico e de respeito do sentido Humano. Os pobrezinhos que se utiliza neste artigo são as bases e os alicerces para que esta economia capitalista e desumana possa funcionar. Sem eles não existe exploração do trabalho humano que garantem a aquisição de Vivendas, carros, barcos e ilhas. Estes pobrezinhos andam á anos a trabalhar muitas vezes em condições desumanas, com salarios que não lhes garantem sequer o suficiente para colocarem a comida á mesa ou sequer garantir a instrução aos seus descendentes que irão engrossar a mão de obra para que estes supostos ricos possam continuar a adquirir bens e serviços de extrema riqueza. Aposto que enquanto morrem crianças por falta de cuidados de saude ou por falta de alimento, estes comentadores estão a escolher um carro novo de 150.000€ que vão oferecer ao filho que faz anos e que vai ser o futuro administrador da fortuna da familia e que, sem nunca ter sabido o que é trabalhar com responsabilidade, vai dar continuidade ao enriquecimento brutal á custa do trabalho dos pobrezinhos. Meus caros numa casa o telhado é importante mas sem as base, os alicerces, aq estrutura cai... e o telhado deixa de ter onde se apoiar. é uma vergonha que alguem diga uma coisa destas, quando temos o 2º individuo mais rico dos USA a reconhecer que os ricos são uns previligiados que pagam menos de metade dos impostos dos pobres e sentido-se envergonhado com esta situação pedindo ao senado para lhe serem aplicados mais impostos. este senhor confessou que se sentia incomodado por pagar 17% quando os "pobrezinhos" que lhe prestam serviço pagarem 30% e mais... Matem os pobres e acabem com essa raça e depois trabalhem os ricos e produzam. Vão Limpar WC´s, arranjar jardins, desentupir esgotos, cavar valas nas estradas á chuva e ao sol.. e depois digam como gosta de trabalhar e quanto são uteis á sociedade.

Fonte: tvi24.iol.pt/



Posted by alone Dated02sep2011

Nenhum comentário :

Postar um comentário